+55 (21) 3183-7395 / WhatsApp +55 (21) 99926-0236

Alexandre MirandaMD PhD FECSM, se graduou em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em 2001, fez residência médica em Cirurgia Geral na Santa Casa de São Paulo (2002 – 2004) e segunda residência médica em urologia no Hospital Federal de Ipanema (2004-2007). Recebeu seu título de Mestre pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro-UERJ em 2009, com o estudo dos efeitos da Reposição Hormonal Tardia no Corpo Cavernoso do Pênis. Criou o Setor de Andrologia no Serviço de Urologia do Hospital Federal de Ipanema no final de 2007, onde passou a se dedicar às cirurgias reconstrutoras genitais e andrologia. Introduziu novas técnicas nas cirurgias reconstrutoras das tortuosidades penianas, como a doença de Peyronie. Em 2011 fez um observership em uroandrologiareconstrutiva com o renomado Professor Edoardo Austoni, na Universidade de Milão, se aprofundando mais nas reconstruções genitais. Participou de cirurgias com Austoni em Regio Emillia, Lecco, Genova e Milão.
Em Julho de 2012 foi o único brasileiro a ser agraciado com uma bolsa de estudos em Medicina Sexual na St Catherine’s College, Oxford (Inglaterra), pela International Society for Sexual Medicine (ISSM) em associação com a European Society for Sexual Medicine (ESSM).
Em dezembro de 2012 foi aprovado no exame de qualificação da Sociedade Européia de Medicina Sexual, ganhando o título de Fellow of the European Committee of Sexual Medicine (FECSM).
Em março de 2014 obteve o título de Doutor pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), com a criação de uma nova técnica cirúrgica para doença de Peyronie (iGrafter).
Além do iGrafter o Dr. Alexandre Miranda foi também o criador do primeiro modelo de treinamento para enxertia na doença de Peyronie, impresso em 3D (2021) e da nova  técnica cirúrgica Auxetica (2022), para recuperar comprimento e calibre peniano, no momento da inserção da prótese peniana. Além disso, criou e registrou uma patente de ferramenta cirúrgica para correções penianas.

Atualmente coordena o Setor de Andrologia do Serviço de Urologia do Hospital Federal de Ipanema, no Rio de Janeiro. Assumiu também como o novo coordenador do departamento de medicina sexual/infertidade da Sociedade Brasileira de Urologia – Rio de janeiro (SBU-RJ) (2022-2023)
Membro da American Urological Association, European Association of Urology, International Society for Sexual Medicine e European Society for Sexual Medicine.